30 agosto 2011

Histórias Bíblicas de Davi

Davi
Texto: I Samuel capítulos 8 ao 30

“... O homem vê o exterior, porém o Senhor vê o coração.” I Samuel 16.7

Samuel era um profeta, sacerdote e juiz de Israel. Ele era profeta porque transmitia a mensagem de Deus ao povo, era sacerdote porque intercedia pelas pessoas e era juiz porque aconselhava e liderava, e quando necessário julgava algumas situações. (6c1)


Samuel estava idoso, e seus filhos não eram bons líderes como ele. Por isso o povo resolveu que deveria ter um rei. Os líderes de Israel foram falar com Samuel. Eles queriam ser como as demais nações. (6c1;6c2)


Samuel ficou muito triste com o pedido de um novo rei. Afinal, Deus era o rei de Israel. Samuel ora a Deus. (I Samuel 8.7) Quanta ingratidão. Segundo a ordem de Deus, Samuel explica ao povo que não haveria nenhuma vantagem em terem um rei. Pois eles teriam que prestar honra e obediência a ele. O povo insiste.


Deus mostrou a Samuel um Rei. I Samuel 9.2 Esse rei era rico, jovem, bonito e bem alto. (6c3) Samuel unge a Saul como rei de Israel e ele é aclamado por todo o povo. (6c4)


No começo Saul foi corajoso e venceu várias batalhas. Eles tinham um inimigo feroz, os filisteus. Mas antes de atacá-los Saul resolveu cultuar a Deus, e Samuel deveria oficializar por direito esse culto. Considerando que Samuel demorara a chegar, Saul se irritou e fez toda a ministração e celebração.  Chegando Samuel e tomando ciência do ocorrido, e advertiu a Saul pela sua arrogância e desobediência. Como conseqüência Samuel disse que ele não permaneceria muito tempo no poder, nem seus filhos o herdariam. (6c1;6c4)


(6c4;6c5) Deus ordena que Samuel fosse a casa de um homem chamado Jessé, lá em Belém de Judá. Deus escolheria ali entre seus oitos filhos um novo Rei para Israel. E foram passando um após o outro e nada. Então Samuel pergunta se por acaso existem outros filhos mais novos, então se lembram de Davi, que estava no campo, pastoreando. Samuel manda chamá-lo.


(6c6) Logo aparece diante dele, um rapaz ainda, Davi. O Senhor comunica logo que aquele é o escolhido para ser rei em Israel.


(6c7) Sem dúvidas, Samuel unge em  a Davi como rei, diante apenas de sua família. Ele só viria a assumir o reinado após a morte de Saul!

“...O Senhor é a fortaleza da minha vida, a quem temerei? Salmo 27.1


(6c8) Davi continuou em sua vida simples de pastor de ovelhas. Eram muitos os seus compromissos. Outro passatempo que amava muito era tocar sua harpa e louvar a Deus. Um dia seus irmãos mais velhos foram convocados a uma batalha com seu antigo inimigo, os filisteus. A proposta era a seguinte, que lutassem apenas um soldado de cada milícia, o povo do soldado que perdesse  serviria ao outro. O desafio foi aceito prontamente pelo rei Saul. Mas quando os filisteus apresentaram seu soldado todos temeram. Eram um gigante e muito forte. Este insultava a Israel. Davi ao foi obter noticias e levar alimentos para seus irmãos e ficou muito indignado quando soube dessa situação. (I Samuel 17.26) 


(6c9) Davi resolve lutar e se apresenta ao rei Saul. Este lhe oferece a sua armadura, que para Davi se torna inviável por ser muito grande e pesada  então ele a rejeita.


(6c10) Davi pega sua funda e cinco pedras num riacho e vai ao encontro do gigante (Golias). Este zomba de Israel de Deus e de Davi. Mas Davi estava cheio de confiança e fé em Deus. Ele já havia enfrentado outros perigos.


(6c11) Davi vai ao confronto, gira sua funda, arremessa e acerta em cheio a testa do gigante que atordoado cai desfalecido. Então Davi o mata. Deus honra ao servo.

Em todo Tempo ama o amigo, e na angustia se faz o irmão!”Provérbios 17.17


(6c15) Com a derrota de Golias Davi é aclamado como grande guerreiro, a passa a ser reconhecido e querido pelo povo. O grande herói de Israel.


(6c12; 6c13) Davi vai morar no palácio e lá conhece o príncipe Jônatas, filho de Saul, que mais tarde se revela seu maior e melhor amigo.


(6c14) Jônatas o presenteia com pertences pessoais. E a amizade a cada dia se fortalecia. Mas o ciúme de Saul fez com que Davi se tornasse seu rival e de certa forma seu inimigo, suscitando a vontade de matá-lo. Davi então foge e se esconde.


(6c16) Logo após estes dias o rei Saul realiza uma grande festa, é lógico que Davi não compareceu, e reafirma a vontade de liquidar Davi.


(6c17) No dia seguinte, Jônatas com um servo vai ao campo, e lá lança flechas usando o arco, Davi vê tudo à distância e em oculto e sabia que era um sinal de que o Rei Saul continuaria sua perseguição, era o combinado dele com Jônatas.


(6c18) Depois de algum tempo Jônatas solicita ao seu servo que leve seus pertences embora, ficando a sós. Então Davi se aproxima e é recebido cordialmente por Jônatas, que até se curva diante dele, ambos conversam, choram e se despedem. Eles eram amigos de verdade.

“Amai vossos inimigos e orai pelo que vos perseguem!” Mateus 5.44


(6c19) Davi se escondia nos desertos e nas cavernas. Saul em suas muitas perseguições a Davi foi surpreendido por Davi, duas vezes, com oportunidade de tirar-lhe a vida. Mas ele não o fez, pois temia a Deus!


(6c20) A perseguição a Davi foi se tornando notória, ou seja, do conhecimento de outras pessoas e por isso Davi consegue reunir tipo um exército de aproximadamente 400 homens.


(6c21) Uma primeira vez o Rei Saul entrou em uma caverna e Davi conseguiu driblar sua guarda e conseguiu cortar um pedaço de sua capa, e de longe Davi comunicou a todos o que fez e a oportunidade de matá-lo.


(6c22) Uma segunda vez o Rei Saul entrou em uma outra caverna e Davi conseguiu driblar sua guarda e conseguiu pegar dois objetos pessoais, uma lança e um cantil, e de longe Davi comunicou a todos o que fez e a oportunidade de matá-lo. Conclusão, Deus era com Davi e o protegeu usando seu amigo Jônatas, até o dia em que veio assumir o trono de Israel.


Obs. : Essa é uma postagem parcial de algumas lições da Série Conectar 'Plug Kids' volume 6 da Editora Cristã Evangélica, O Kit é composto de Livro do professor, do aluno pré e primário, CD room com músicas e jogos, visuais e livro com atividades e com a letra das músicas. Material de qualidade. A revista é composta de 15 lições, considerando tudo isso, a riqueza e diversidade é muito grande, a um preço justo. O propósito dessa postagem é divulgar àqueles que visitam esse blog e não conhecem ainda esse material. Conheça outras séries, inclusive a voltada para o culto infantil.


Diretor: Abimael de Souza
Coordenadores: Eliane Vieira Maciel;
Isabel Cristina D. Costa
Autoras: Meire Cristina; Mirian O.F.A. Santos;
Lilian Silveira; Elisete Ramos
Ilustração: Carlos A. de Souza;
Henrique Brum Carvalho;
Henrique Martins Carvalho

(*Postado com Permissão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Esforça-te, todo o povo da terra, diz o Senhor, e trabalhai; porque eu estou convosco, diz o Senhor dos Exércitos. O meu Espírito habita no meio de vós! Não temais!”

(Ageu 2:4,5)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...